Como fazer buscas em sites com o Google Chrome

Uma das primeiras características do Chrome que o usuário novo costuma perceber é a ausência de uma barra de buscas, como a que existe no Mozilla Firefox ou Internet Explorer. Por meio dessa barra, o usuário pode pesquisar palavras-chaves em sites como o Google, Bing ou Ask.com.

Com uma interface gráfica mais “limpa”, o usuário do Chrome usa a própria barra de endereços para realizar pesquisas, digitando nela palavras-chave ao invés de URLs. Mas existe uma função pouco conhecida no navegador web desenvolvido pela Google: a busca dentro de sites já visitados pelo usuário.

Depois de ter visitado o Baixaki, por exemplo, o usuário pode fazer buscas dentro do site de downloads usando a mesma barra de endereços. Para isso, basta começar a digitar o endereço do site e pressionar a tecla Tab quando o Chrome identificar o endereço no histórico do navegador. Ao fazer isso, a barra ganha uma nova aparência, indicando que a palavra-chave digitada será usada para uma busca no próprio Baixaki:

dicas

postado por dica da net


Ao pressionar Enter, a palavra-chave “Ubuntu” será usada na URL de pesquisa do site, redirecionando o usuário para a página com os resultados da busca. Certamente uma maneira mais prática, já que elimina o tempo de carregamento da página desejada antes da pesquisa. O recurso também funciona com a página do YouTube e outras cujos mecanismos de busca podem ser reconhecidos pelo Chrome.

Mas qual é a mágica?

dicas

postado por dica da net


Antes de qualquer coisa, é bom esclarecer que a pesquisa continua sendo feita pelo site escolhido pelo usuário, e não pelo navegador ou mecanismo de busca do Google. Mas o segredo por trás deste truque fica mesmo por conta do OpenSearch, uma coleção de tecnologias desenvolvidas para facilitar o compartilhamento ou publicação dos resultados de uma busca de maneira padronizada e acessível.

O padrão foi desenvolvido pela A9, uma subsidiária da Amazon.com, responsável pelo sistema de buscas da famosa livraria virtual e que também já desenvolveu programas de publicidade para provedores de serviço, similar ao Google AdWords.

Quem estiver interessado em disponibilizar o suporte para OpenSearch no próprio site deve fornecer um arquivo XML que descreve a interface de busca da página para que ela possa ser usada por softwares e outras aplicações web. No site oficial do projeto é possível encontrar maiores informações sobre a sintaxe e as especificações do arquivo.

Dependendo da configuração, o OpenSearch é capaz de fornecer até sugestões de pesquisa, como as que aparecem no campo de buscas do Google ao iniciar a digitação de algum termo ou frase. Além disso, o projeto é aberto e regido pela licença Creative Commons, permitindo que qualquer pessoa interessada possa entrar em contato e colaborar com o padrão

Esta entrada foi publicada em Google Chrome. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s